top of page

Marcas Adoecem! Conheça 6 Tipos de Doenças que Afetam as Marcas.

Atualizado: 2 de fev.

Você já se sentiu doente alguma vez na vida? Provavelmente sim, não é mesmo? Afinal, todos nós estamos sujeitos a contrair algum tipo de doença, seja física ou mental, que afeta a nossa saúde, o nosso bem-estar e a nossa qualidade de vida.


Mas você sabia que as marcas também podem adoecer? Isso mesmo, as marcas, assim como as pessoas, podem apresentar sintomas de doenças que prejudicam o seu desempenho, a sua reputação e a sua relação com os clientes.


E essas doenças podem ser causadas por diversos fatores, como mudanças no mercado, na concorrência, na tecnologia, nas preferências dos consumidores, na legislação etc.


Mas como saber se a sua marca está doente? Quais são os sinais de alerta que você deve ficar atento? Quais são as principais patologias que as marcas podem sofrer? E o que fazer para prevenir, curar ou minimizar os efeitos dessas doenças?


Essas são algumas das perguntas que vamos responder neste artigo, que tem o objetivo de te ajudar a cuidar melhor da saúde da sua marca e a garantir o seu sucesso no mercado. Vamos lá?


Marcas adoecem, Marcas doentes

A primeira coisa que você precisa saber é que as marcas podem ter diferentes tipos de patologias, dependendo da sua natureza, do seu segmento, do seu público-alvo, da sua estratégia etc.


Algumas das patologias mais comuns que as marcas podem sofrer são:


- Miopia estratégica: é quando a sua marca não consegue enxergar além do presente e do curto prazo, ignorando as tendências e as oportunidades futuras. Isso acontece quando a sua marca se acomoda na sua zona de conforto, se limita ao seu produto ou serviço atual, e não se adapta às novas demandas e expectativas dos clientes.


O resultado é a perda de competitividade, de inovação, de diferenciação e de crescimento.


Um exemplo clássico de miopia estratégica é o caso da Kodak, que dominava o mercado de fotografia analógica, mas não soube acompanhar a revolução digital, e acabou sendo ultrapassada por concorrentes como a Canon, a Nikon e a Sony.


Mas essa patologia não afeta somente as grandes marcas, se você tem uma pequena ou média empresa e não tem clareza do posicionamento de marca e visão de futuro, sua empresa também pode estar sofrendo de miopia estratégica.

      

- Síndrome do pânico: é quando a sua marca tem medo excessivo e irracional de enfrentar situações de risco, incerteza ou mudança. Isso acontece quando a sua marca se paralisa diante de cenários desafiadores, se retrai do mercado, evita tomar decisões, e se isola dos seus stakeholders.


O resultado é a perda de confiança, de credibilidade, de visibilidade e de oportunidades.


Um exemplo clássico de síndrome do pânico é o caso da Blockbuster, que era líder no mercado de locação de filmes, mas não soube lidar com a ascensão dos serviços de streaming, como a Netflix, e acabou falindo.


Assessoria de Uzion.co

- Psicose: é quando a sua marca perde o contato com a realidade, criando uma imagem falsa de si mesma, negando os problemas, e se iludindo com fantasias.


Isso acontece quando a sua marca se desconecta do seu contexto, cria uma proposta de valor que não tem nada a ver com o que os clientes querem ou precisam, e se recusa a reconhecer os seus erros e as suas fraquezas.


O resultado é a perda de autenticidade, de consistência, de relevância e de valor.


Um exemplo famoso atual que indica psicose é o das Lojas Americanas, uma das maiores empresas de e-commerce do Brasil, mas que forjou demonstrativos financeiros e escondia uma série de fraudes contábeis, e que declarou inconsistências fiscais de 20 R$ bilhões e uma dívida de R$ 43 bilhões que levou a empresa à pedir recuperação judicial em janeiro de 2023 a justiça do Rio de Janeiro para evitar sua falência e desmoralização.


Este é o quarto maior caso de recuperação judicial do país, perdendo apenas para as recuperações judiciais da Odebrecht, Oi e Samarco.


Essas são apenas algumas das patologias que as marcas podem adoecer, mas existem outras, como:


- Neurose: a marca é obcecada por seus defeitos e passa a se sabotar. Isso geralmente acontece por medo de fracassar, ou por falta de autoestima. Quando a marca fica neurótica, ela corre o risco de perder oportunidades e de prejudicar seu próprio crescimento.


- Amnésia: a marca esquece sua história e seu legado. Isso pode acontecer por mudanças na liderança, ou por falta de investimento na cultura da empresa. O risco se dá em perder sua identidade e seu diferencial competitivo.


- Esquizofrenia: a marca se divide em várias identidades contraditórias. É um sintoma grave e pode acontecer por falta de planejamento, ou por conflitos internos.


Quando uma marca fica esquizofrênica, ela corre o risco de perder a confiança de seus stakeholders e de se tornar irrelevante no mercado.


Mas não para por aí, a depressão, a bipolaridade, a anorexia, e a bulimia são outras patologias que podem aparecer em qualquer marca mal gerenciada.


O importante é que você esteja atento aos sintomas, busque o diagnóstico correto, e procure o tratamento adequado.


Para isso, você pode contar com a ajuda de profissionais especializados em marketing e branding, que podem oferecer soluções para prevenir, curar ou minimizar os efeitos das doenças das marcas.


E aí, você identificou alguma das patologias que mencionamos? Você acha que a sua marca está saudável ou precisa de um check-up? Deixe o seu comentário e compartilhe a sua opinião conosco.


Se você quiser saber mais sobre como cuidar da saúde da sua marca, entre em contato clicando aqui e peça um diagnóstico.


A Uzion.co é uma assessoria de marketing e branding que pode te ajudar a criar uma marca forte, saudável e duradoura. Solicite atendimento clicando aqui e fale com um de nossos especialistas, até mais!

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Marketing digital (10).png

Anuncie no Google 

Colocamos sua empresa no alcance de milhões de pessoas todos os dias? 

RS - Marketing digital (3).png

Criação de sites para empresas que querem vender na internet 

Assessoria de Marketing (4).png

Venda 100% mais com nossa metodologia de marketing e vendas online 

Tags:

Siga-nos:

  • Instagram
  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn
  • YouTube
Promoção de Site.gif

Sobre André Gamiel 

Ele é consultor de marketing, branding e vendas graduado e empreendedor a mais de 20 anos. Já desenvolveu diversos projetos de marketing, desde a criação de um simples site até a estruturação de processos de vendas mais complexos. Tem certificações Google e Meta e estudou com os principais nomes do marketing brasileiro como Conrado Adolfo - 8P's, Erick Santos - RD Station, Achiles Junior, Denner Lippert - V4 Company, Mestre em MKT Olímpio Araújo, Flávio Augusto - Wise UP, Rejane Toigo - Like Marketing, Guilherme Sebastiany - Brandster, entre outros.

André (5).png
Atendimento no WhatsApp
bottom of page